Negócios & FinançasNotíciasTecnologia

Score de crédito: o que ele é e como consultar online

Score de crédito é uma pontuação que indica a chance do consumidor pagar as suas contas em dia. O indicador considera, principalmente, o histórico financeiro da pessoa. Quanto maior a pontuação, menor o risco de inadimplência. Ele é usado por bancos e instituições para analisar pedidos de empréstimo e interfere nas condições de juros e prazos ofertadas ao cliente.

Determinar se um cliente tem um histórico de bom ou mau pagador é fundamental antes de conceder crédito, pois os bancos e instituições financeiras precisam saber qual é o risco de receber seu dinheiro de volta. Quanto maior o risco, maior é a probabilidade do crédito ser negado ou ofertado com juro mais alto. Para determinar a chance do consumidor pagar a conta, é usado o score de crédito.

O que é e como funciona?

O score de crédito é uma pontuação que vai de 0 a 1000 e indica se a pessoa tem um baixo, médio ou alto risco de inadimplência. Ou seja, ele mostra a chance do cliente pagar ou não uma conta.

Score = pontuação, resultado, placar

Pense assim: antes de contratar um serviço ou uma pessoa, costumamos buscar referências e analisar currículos, certo? Essas medidas são tomadas para, de alguma maneira, suportar comportamentos e sabermos com quem estamos lidando. Ou seja, buscamos nos proteger e prever riscos.

Um banco ou instituição financeira toma medidas semelhantes quando um cliente solicita empréstimos, cartões de crédito, cheque especial etc. No lugar de um currículo, serviços de proteção ao crédito (Serasa Experian, Boa Vista SCPC etc) analisam dados pessoais e seu histórico financeiro, atribuem uma nota (score de crédito) e repassam essa informação ao banco.

Como consultar?

Na internet, é possível consultar grátis o score de crédito através dos sites Boa Vista ou da Serasa. Basta fazer um cadastro simples nos sites. A consulta também pode ser feita nos respectivos aplicativos de celular dessas empresas.

 

Como é calculado?

Como dito anteriormente, o score de crédito é calculado por mais de um serviço de proteção ao crédito. Apesar de todos trabalharem com a pontuação entre 0 e 1000, é possível que a pontuação de uma mesma pessoa varie de um serviço a outro.

Isso porque, cada órgão utiliza uma metodologia própria de cálculo e sua própria base de dados. Por exemplo, uma empresa pode acionar a dívida de um cliente na Boa Vista, mas não acionar a dívida na Serasa.

Apesar de cada empresa utilizar seu próprio método para calcular o score, sabemos que o resultado é estatístico e que leva em consideração dados pessoais e o histórico financeiro.

No histórico financeiro, costumam ser considerados:

  • Número de pedidos de empréstimos;
  • Movimentação em contas;
  • Empréstimos e financiamentos em aberto;
  • Cadastro positivo;
  • Participação em empresas;
  • Frequência em que as contas ficam atrasadas.

Já nos dados pessoais, informações atualizadas e a idade são bastante relevantes.

Passo a passo para conferir o seu Score

Geralmente, cada empresa possui sua própria base de dados e, consequentemente, seu próprio sistema de Score. Entretanto, o passo a passo para conferir o Score é basicamente igual:

  1. Acessar o site do Score, como por exemplo o site da Serasa.
  2. Preencher o cadastro com as informações e documentos solicitados. Lembre-se de ser o mais atual possível.
  3. A pontuação aparecerá na tela!

Cada banco ou empresa utiliza a informação da pontuação à sua maneira. Ter um score médio não significa, necessariamente, ter as mesmas condições de crédito em todos os bancos.

Da mesma forma, ter um score alto pode aumentar as chances de conseguir crédito e melhores juros, mas não significa aprovação garantida. O score de crédito é um fator importante, mas outras questões também são consideradas.

Quanto tempo leva para aumentar o score de crédito?

Pagar dívidas atrasadas e limpar o nome ajudam a melhorar o score de crédito. Entretanto, o aumento não é imediato, pois a pontuação leva em conta todo o passado financeiro da pessoa. É preciso manter ações positivas para, ao longo do tempo, equilibrar ações negativas no histórico.

Como o risco de inadimplência é um dos fatores principais na hora de analisar pedidos de crédito e determinar melhores condições de taxas de juros, leva um tempo para o setor financeiro voltar a ter confiança no histórico de um pagador que regularizou o CPF recentemente.

Como aumentá-lo?

Com a pandemia do coronavírus, muitas pessoas entraram em uma grave crise financeira e precisaram escolher quais contas seriam pagas. Em julho, 19% da população teve uma queda no seu score de crédito segundo um levantamento do SPC Brasil feito para o InfoMoney,

A boa notícia é que o score de crédito não é permanente. É possível adotar boas práticas  para melhorar seu histórico financeiro e melhorar a pontuação com o tempo. Como o cálculo toma como base os dados pessoais e seu comportamento como consumidor, aumentá-lo depende de você.

Portanto, atenção: não é possível pagar para mudar sua pontuação! Ofertas para ter um score mais alto mediante pagamento são sinônimo de fraude.

Veja a seguir o que fazer para aumentar o score de crédito.

1.    Mantenha dados cadastrais atualizados

Sempre que possível, atualize dados pessoais (endereço, telefone etc) nos bancos e instituições financeiras. Também é importante fazer essa atualização em serviços de proteção ao crédito nos quais você esteja cadastrado.

2.    Cadastro positivo

Antes, os órgãos de proteção ao crédito costumavam considerar apenas ocorrências negativas no histórico do consumidor. Agora, entram na pontuação informações do “Cadastro Positivo”, base de dados criada para reunir informações como frequência de pagamento adiantado ou em dia. Assim, registros negativos podem ser relativizados quando o histórico do cliente apresenta um bom histórico de cadastro positivo. Atualmente, possuem bases de dados de cadastro positivo os serviços Boa Vista SCPC, Quod, Serasa Experian e SPC Brasil.

3.    Pague contas antes do vencimento

Pagar as contas em dia é, claro, uma das melhores formas de aumentar seu score de crédito, pois afasta a possibilidade de que empresas associam seu nome à inadimplência. Muitas vezes, as contas deixam de ser pagas por esquecimento. Uma boa dica é programar alertas na agenda ou celular e, se possível, colocar as contas em débito automático.

4.    Quite suas dívidas

Colocar as contas em dia, além de limpar seu nome, também põe fim aos juros abusivos. Para ser considerado um bom pagador, antes de mais nada, é preciso quitar dívidas em atraso.

Se você se encontra nessa situação de endividamento, não se preocupe. Pense no quão vantajoso pode ser para você um empréstimo com terreno de garantia. No mercado, ele é oferecido pela fintech CashMe com juros baixíssimos (cerca de 0,89% ao mês + IPCA) e um longo prazo para pagamento.

5.    Movimente suas contas

Para as empresas, é importante que você tenha relações com bancos e instituições financeiras. Portanto, ter contas e fazer movimentações também ajuda a aumentar seu score de crédito.

6.    Seja sócio de boas empresas

A participação societária em empresas também é levada em conta na análise do score de crédito. Portanto, registros de falência ou crises financeiras podem prejudicar a sua pontuação.

7.Pense antes de solicitar crédito

O score também considera a frequência de solicitação de crédito. Pedidos próximos ou simultâneos para empréstimos, financiamentos, mais limite, cartões etc podem diminuir sua pontuação. Também são levados em consideração empréstimos e financiamentos em andamento.

8.Tenha contas em seu nome

Seguindo a ideia de ter movimentação bancária, é importante ter algumas contas (luz, água, telefone etc) em seu nome para que as empresas possam analisar seu perfil como consumidor.

Conclusão

O score de crédito diz a uma empresa se você é um bom ou mau pagador. Por isso, ele tem um grande peso para o banco digital ou fintech na hora de decidir se vai conceder um crédito com garantia de imóvel ao seu cliente. Além disso, a pontuação pode te ajudar na hora de conseguir taxas de juros mais baixas para empréstimos e financiamentos.

Você pode consultar seu score gratuitamente nos sites Serasa Experian e Boa Vista SCPC. Se você precisa pagar dívidas ou está sem dinheiro e não quer prestar contas, um crédito pontual e com taxas de juros baixas pode ajudar a manter ou aumentar o seu score de crédito.

Mostrar mais

Elievelton

Amante da tecnologia, especialista em SEO e Programador, atualmente tenho varias publicações totalizando mais de 15 milhões de views, todas Trabalhadas com SEO avançado, Curso Sistemas de Informações na UFPI e dedico todo meu tempo livre, que aliás é bem pouquinho, para projetos de SEO e desenvolvimento Web.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo