Loucos por Geek
Anime Reviews

The Promised Neverland 2ª temporada é correr ou morrer

The Promised Neverland 2 temporada episódio 1: análise

Nota da autora - 10

10

Nota

Para ver o episódio 1 da 2 temporada de The Promised Neverland, use o botão abaixo:

Ver episódo
Avaliação dos participantes:: 4.51 ( 1 Votos)

Chegou o dia! Sim, caros leitores, finalmente poderemos descobrir o que existe além dos muros da Grace Field House e como o jogo de etiqueta poderá salvar crianças, pois hoje estreou The  Promised Neverland 2ª temporada episódio 1! Como resultado, nós fizemos, com carinho, uma análise deste primeiro episódio tão esperado por todos.

The Promised Neverland: é correr ou morrer
Imagem da Netflix

O que aconteceu em The Promised Neverland 1ª temporada?

Acima de tudo, vamos apontar alguns fatos marcantes que resumem a 1ª season para você que só lembra vagamente.

  • Emma descobre que todas as crianças do seu orfanato são devoradas por demônios até os 12 anos;
  • Ela, Ray e Norman, as três “refeições” com maior qualidade, montam estratégias para escapar;
  • Sr. Minerva colocou códigos secretos em livros do orfanato e deixou uma caneta misteriosa; está caneta parou nas mãos de Norman;
  • Norman é “adotado” e deixa para trás um plano genial para a fuga dos seus irmãos;
  • Ray é filho da Mama Isabella e tenta incendiar  a casa, e ele próprio, para cobrir Emma e todas as crianças. Porém, Emma coloca a estratégia em ação e o salva;
  • Todas os órfãos acima de cinco anos atravessam o penhasco de forma sagaz e deixam Grace Field House.

Para resumir, esses foram os principais eventos antes da segunda temporada. Então, vamos, de uma vez por todas, investigar o surpreendente início da season de Yakusoku no Neverland!!

The Promised Neverland 2ª temporada episódio 1: análise

A liberdade é tão bela…No entanto, tão cruel.

Bom, em primeiro lugar: QUE SUSTO! Quem mais aí achou bizarro o primeiro minuto deste episódio? Tudo começa com as crianças correndo loucamente (até aí, tudo bem) e, subitamente, surge um mostro colossal logo atrás dos pequenos. Vamos chamar atenção para a disposição da Emma ao tentar acalmar todo mundo, dizendo “pense nisso como um jogo de etiqueta”; que personagem massa!

Depois disso, somos convidados a entender como os órfãos foram parar naquela situação. Após saírem dos limites do orfanato, o cenário inédito é uma floresta super exótica, com peixes voadores e árvores gigantescas, por exemplo. No entanto, os fugitivos reconhecem a flora e a fauna, também presentes em um livro chamado “As aventuras de Ugo”, os levando a concluir ser um guia de sobrevivência do mundo exterior.

William Minerva

Você lembra quando citamos os códigos secretos e a caneta do Sr. Minerva no recapitulando? Portanto, Ray “destravou” o objeto, o qual revela uma espécie de holograma com um mapa da região. E não para aí, porque ao colocar a mão, e depois, os códigos secretos dos livros (uns esquemas meio confusos), revela-se uma mensagem do Sr. Minerva anunciado a localização, caso precisassem de ajuda. Certamente, nesta parte presenciamos uma fagulha de esperança para as crianças; porém, fica as questões: que tipo de ser Sr. Minerva é? Será que é possível confiar? Ou é uma armadilha? E por qual razão tanto empenho nos códigos se os órfãos podem nunca descobrir seu significado?  (Nunca que ia saber código Morse).

The Promised Neverland: é correr ou morrer
Imagem da Netflix

Luzes de um pesadelo

Posteriormente, Emma, Ray e toda gangue dão de cara com os demônios, retornando para a cena inicial do episódio. Nesta parte, conseguimos observar mais detalhadamente o design dos monstros; que, de forma geral, foram muito bem desenhados e conseguiram transmitir todo o horror desejado, remetendo um pouco aos hollows de Bleach ou maldições de Jujutsu Kaisen. Durante toda essa confusão, Don e Gilda nos surpreendem ao liderarem o grupo e, como resultado, conquistam êxito ao fugirem; mas Ray decide ficar e prender o demônio em uma armadilha. É importante ressaltar que, nessa e em outras cenas, o garoto mostra vontade para viver, sem que ninguém mais faça nenhum tipo de sacrifício.

Prosseguindo, vemos um belo – ênfase no “belo” – de um decepamento. Inesperadamente, entra em cena outro demônios que corta a cabeça do primeiro. Este, ao contrário do primeiro, carrega uma espada iradíssima (já conquistando o apreço dos fãs), anda sobre duas pernas e possui uma inteligência respeitável; além disso, ele dá ordens para outros monstros quadrúpedes. Logo, podemos notar a estruturação da hierarquia entre os demônios, assim como suas habilidades com armas.

Encapuzados

No caminho para o final de The Promised Neverland 2ª temporada episódio 1, se encontra o plot twist da situação: enquanto Emma desmaia devido o sangramento da orelha e Ray é encurralado pelas ameaças, uma figura com roupas claras e capuz mostra a direção para um refúgio; e, ao mesmo tempo, um ser com formato quase humano resgata Ray e despista os monstros com dois explosivos (ou algo parecido).

Por último, Ray e Emma acordam em camas localizadas dentro de um tipo de caverna; ambos estão bem e sem nenhuma amarra, sinais que os salvadores provavelmente são aliados. E falando em salvadores, a figura das roupas claras e voz feminina os convida para uma refeição junto com os outros órfãos; nesta conversa, ela diz que Sonju também está presente (cara com formato humano) e, respondendo Emma, afirma não conhecer o Sr. Minerva.

Se o episódio terminasse aí, poderíamos dormir tranquilos e com paz nos corações, no entanto, sabemos que o objetivo de Yakusoku no Neverland é exatamente o contrário: é nessa ocasião que Emma e Ray percebem o pé de demônio naquela criatura e o outro “salvador” já surge atrás deles. Agora é só chorar. kkkk

Conclusão

Esse foi The Promised Neverland 2ª temporada episódio 1. Com toda a certeza do mundo, esse episódio foi mitológico! Por que? Porque os diretores conseguiram mexer com nosso psicológico sem nenhuma piedade; mostrando todas a crueldade e terror presente neste mundo que, definitivamente, não é para crianças caminharem por aí livremente. As expressões dos personagens, assim como o caráter dos monstros, facilitaram esse processo; igualmente, o clima sombrio da floresta (só uns vaga-lume bonitinho) em conjunto com a trilha sonora que nos fez mais angustiantes e aflitos.

O fato que eles vivem em cavernas, faz todo o sentido já que a sociedade é formada por demônios, o subterrâneo é a única forma de esconderijo. Por outro lado, uma coisa não se encaixou bem: acredito que vocês concordarão que nenhuma criança tem a capacidade de correr como o Ray fez ao fugir dos enormes monstros quadrúpedes, ou jogar etiqueta realmente funcionou. Todavia, esse foi um pequeno detalhe comparado a toda essa obra de arte! Só temos que agradecer por esse início de temporada INSANOO!

O que vocês acharam de The Promised Neverland 2ª temporada?

Perguntas não faltam, consequentemente, adoraríamos saber suas hipóteses: você acha que os dois “salvadores” são do bem? Se sim, por quê? E o que você achou dessa loucuragem toda? Qual o momento que mais te deixou atordoado? Qual o futuro da quadrilha de chiquititas?

Compartilhe sua opinião conosco na seção de comentários ou em nossas redes sociais logo a seguir        FacebookInstagram e Twitter.

Estamos no Google News:

 

Relacionados:

Artigos Relacionados

Majo no tabitabi: veja motivos para acompanhar a jornada de Elaina

Carlos Victor

Jujutsu Kaisen: entenda a solução para o aquecimento global

Milena

Attack on Titan: Análise do 2º Episódio da 4ª temporada

Charlles Ono

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saber mais