GamesPCsPlaystationXbox

Valorant: Riot Games já baniu 8.873 trapaceiros e vai aumentar

O beta fechado da Valorant foi lançado recentemente, entretanto os trapaceiros já encontraram uma maneira de explorar o jogo e arruinar a experiência para outros. A equipe da Riot Games prometeu tomar medidas rápidas contra os hackers quando eles anunciaram o jogo originalmente no ano passado e parece que eles estão cumprindo essa promessa.

De acordo com um tweet de Phillip Koskinas, um dos engenheiros de dados anti-cheat da Riot, mais de 8.500 trapaceiros já foram atingidos pelo martelo de proibição da empresa. “Localizei um universo valorante onde havia 8.873 trapaceiros a menos e nos moveu a todos para ele, por favor, tenha cuidado, pois seus ossos podem ter mudado durante viagens dimensionais”, diz ele no Twitter.

No entanto, em um post recente no blog, Paul ‘Arkem’ Chamberlain, líder anti-cheat da Valorant, diz que o número de jogadores banidos é de “importância secundária” para a Riot. Embora seja ótimo que milhares de jogadores tenham sido pegos trapaceando e tratados, Arkhem diz que a Riot mede seu sucesso com base no feedback da base de jogadores. A empresa rastreia o número de relatórios de jogadores por trapaça, bem como pede feedback online.

Enquanto muitos jogadores estão felizes que os trapaceiros estão sendo tratados online, alguns ainda estão insatisfeitos com o Vanguard, o software anti-cheat do jogo. O programa, que inicia no lançamento, é destinado a parar trapaceiros em suas faixas, mas nas últimas semanas também tem sido o culpado por muitos problemas que vão desde quedas de FPS até problemas com motoristas.

Isso é algo em que a Riot tem se concentrado nas últimas semanas. A empresa prometeu que a Vanguard não coleta dados e recentemente deu aos jogadores mais controle sobre ele, mas alguns ainda acreditam que o programa é muito intrusivo e precisa ser refinado.

Não deixe de ver também:

Mostrar mais

Elievelton

Amante da tecnologia, especialista em SEO e Programador, atualmente tenho varias publicações totalizando mais de 15 milhões de views, todas Trabalhadas com SEO avançado, Curso Sistemas de Informações na UFPI e dedico todo meu tempo livre, que aliás é bem pouquinho, para projetos de SEO e desenvolvimento Web.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo