AnimeAnimeAnimesOutrosReviews

Vivy – Fluorite Eye’s Song: Diva Foi reinicializada??

Episódio 7 de Vivy – Fluorite Eye’s Song: análise

Nota da autora - 10

10

Nota da autora

Para assistir Vivy, clique no botão abaixo

Ver episódio
User Rating: Be the first one !

Gente, que episódio foi esse? Ninguém entendeu nada mas no final tudo fez sentido; além de surpreender à todos a cada nova quest da nossa querida Vivy, ela esta se tornando uma personagem mais querida. Então venha compreender tudo o que está acontecendo em Episódio 7 de Vivy – Fluorite Eye’s Song: análise!

Anteriormente em Vivy

Acima de tudo, aqui seguimos com uma rápida recapitulação sobre os últimos acontecimentos na história de Diva e, igualmente recomendamos ver esta análise:

  • Vemos uma criança em um hospital e uma IA enfermeira. Ela o consola após ele descobrir que sua mãe está em outro país e agora viverá em outra família, era o Saeki;
  • Depois, Diva salva o mesmo cara de sempre e Matsumoto pretende “se aliar a ele” para pararem a ilha, mas o cara explica que o Saeki enganou todos ele;
  • Diva combate os robos dali e chega até o Saeki, que apenas quer salvar sua esposa, a qual ia se casar quando foi escolhida para se tornar o núcleo da Metalfloat;
  • Por alguma razão, ela continuava cantando para o Dr. Saeki;
  • Diva reflete sobre a possiblididade de salvar Grace, mas concluiu que ela não é mais a mesma, então revela para o Saeki que sua missão será destruí-la pelo bem da humanidade; (aqui ela humilha a cópia da Grace);
  • Matsumoto e Vivy vão até o núcleo em uma espécie de nave que o Matsu criou na hora, enquanto são perseguidos e destroem as IAs que estão tentando proteger a indústria;
  • No final, o Saeki coloca de lado seu amor por Grace e revela onde ela está para ajudar Vivy, que “mata” Grace e desativa a ilha;
  • Por último, ela vai de encontro ao Saeki que estava na igreja abandonada da ilha e pede para ele ser feliz;
  • Dr. explica que sua felicidade era a IA, como resultado, comete suicídio.

Episódio 7 de Vivy – Fluorite Eye’s Song: análise

Começamos o episódio com uma Vivy totalmente diferente, muito mais simpática, faz exercícios (ela é uma IA, pra que fazer exercícios??) e em um show mega gigantesco e todo mundo aplaudindo, irados pela Diva. Aí nós pensamos: será que é uma cópia, reiniciaram ela, cade a Vivy?

Depois da grande apresentação ela se mostra também querida com todos os que ajudam ela; e é assim que conhece a Ophelia, sua irmãzinha mais nova.

Kawai

Esta IA tímida e fofa demais é outra que tem a habilidade de cantar pra caramba, e suas características parecem muuuito humanas, até o jeito desengonçadinho que a fez cair duas vezes na fonte de água. Sério, não dá mais pra distinguir quem é ou não IA alí.

Então nós logo descobrimos que ela foi reinicializada e agora é uma super star que irá fechar o Festival do Zodíaco, realizado para fazer a ponte entre humanos e IAs; principalmente após o incidente da Sunrise.

Onee-san

Então elas vão treinar, e nós vemos que Diva dá umas dicas pra Ophelia, descobrimos que ela já tem 61 anos. No entanto, quando ela vai fazer o teste do som, vê no fundo da plateia um cara que parece com alguém do passado.

Erro crítico

Diva vai atrás dele que parece ser da Toak – se é seu filho ou algo assim, não sabemos – mas algo é jogado em cima dela e seu modo de batalha é ativado, além disso, um robo ataca e Matsumoto aparece para ajudá-la.

Matsumoto acaba chamando ela de Vivy (agora é só Diva), o que trás mais memórias pra ela, porém ele fala que não é niguém e vai embora. Por que ele não quer contar, também não sabemos, talvez pra missão não falhar. Enfim, Diva não desiste e vai atrás dele.

Cada vez mais humana

Achei bem legal essa nova Diva, é mais divertida, e ao se jogar de um prédio ela faz o Matsumoto aparecer e revelar tudo sobre seu passado. Da mesma forma, foi massa quando ele falou: “destruímos prédios, fomos pro espaço e desativamos uma indústria”.

Mas, após a morte do Saeki, ou ela bugou ou tentou fazer algo errado que resultou em seu congelamento.

[adinserter name=”Block 10″]

Agora ela quer ajudar Matsumoto na sua próxima missão que é encontrar aquele cara que ela reconheceu e salvar a Ophelia: a primeira IA a cometer suicídio. SIM!

Preview do Episódio 08

Conclusão Vivy

Em suma, esse episódio foi incrível mesmo, o roteiro nos deu um plot twist sensacional, com a amnésia, as personagens estão perfeitas e a arte, assim como a trilha sonora, impecável.

Uma hipótese que foi reforçada aqui foi que as IAs irmãs da Vivy são as responsáveis pelo fim da humanidade, e talvez, no final, todas elas e a Vivy serão destruídas.

Posteriormente, não esqueça de conferir a data de lançamento do próximo episódio aqui!!

Então, qual a sua teoria sobre o futuro de Vivy? O que achou da nossa review? Conte-nos nos comentários ou em nossas redes sociais logo a seguir FacebookInstagram e Twitter. Bai, bai!

Estamos no Google News:
Mostrar mais

Milena

Hei! Sou uma jovem padawan, nerd, otaku e a espera para se tornar protagonista de um anime Isekai!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo