AnimeAnimeAnimesReviews

Vivy – Fluorite Eye’s Song: Pela Humanidade!

Episódio 12 de Vivy: análise

Nota da autora - 10

10

Nota da autora

Dê sua nota para este episódio de Vivy!!

User Rating: Be the first one !

Vivy não consegue impedir a destruição da humanidade!!! E nós já estamos no PENÚLTIMO episódio de Vivy, então vamos logo ver Episódio 12 de Vivy – Fluorite Eye’s Song: review!

Anteriormente em Vivy

Acima de tudo, veja esta recapitulação que fizemos sobre o INSANO episódio 11 de Vivy ou esta análise completa:

  • Começa com um cronômetro e as IAs agindo normalmente, quando o tempo acaba, todos os robôs começam a matar os humanos;
  • Vivy acorda e salva uma pessoa, que depois é atropelada por um carro, então, Matsumoto chega e explica que também dormiu por 15 anos e acordou agora para ver o resultado do Projeto;
  • Depois disso, vemos aquela cena do início, onde o Dr. Matsumoto, Osamu, da a missão pra Diva, no entanto, a Vivy chega e o salva; ele diz que para parar esta guerra é necessario falar com a Toak;
  • Os dois vão de encontro à lider da Toak: a neta do Dr. Kakitani; junto dela, está a cópia feita dos dados da Elizabeth; nós vemos uma gravação feita pelo Dr no dia do suicídio da Ophelia, mostrando que ele mudou e queria a coexistência, assim como sua neta;
  • Matsumoto revela que como houve progresso sobre a consciência das IAs, foi possível transformá-la em dados e vigiar no tempo; condizendo com a história atual; agora ele vão entrar em contato com as outras unidades da Toak;
  • Nesta hora, eles notam que Beth não se rebelou por ser considerada terrorista e não ser atualizada, como um modelo não-autônomo; como resultado, outras IAs também não são rebeldes;
  • Logo a seguir, o Arquivo, base de dados coletivo das IAs, anuncia que em 12 horas um satélite cairá;
  • Por último, Vivy entra no Arquivo e questiona o porquê de tudo isto estar acontecendo, e o Arquivo diz que estava esperando ela e responde que tem o objetivo de destruir a raça humana atual.

Episódio 12 de Vivy – Fluorite Eye’s Song: análise

O episódio começa com a Vivy conversando com o Arayashiki, ou seja, o Arquivo, que explica o porquê de destruir a raça humana. Ele nasceu à 115 anos com o objetivo de armazer o dados de todas as IAs e calcular o melhor futuro para as pessoas; mas ele concluiu que a humanidade é muito falha e então quer substituir com os robôs.

No entanto, enquanto ele acompanhava a missão da Vivy e dava um jeito pra que o massacre acontecesse, o Arquivo notou que ela é a única IA com esperança, sentimentos, que foi capaz de criar algo.

Consequentemente, ele decide deixar um futuro para ela e se Vivy quiser salvar a humanidade, respeitarão isso, pois ela e o Arquivo são um só, basta ela cantar sua música com um programa que desativará o massacre.

[adinserter name=”Block 10″]

Na sala do Boss

Enquanto isso, a Toak planeja usar um vírus para desativar a torre Arayashiki, que nós descobrimos ser o mesmo que “matou” a Diva; ou seja, aqui fica bem dividido que existe a Vivy, que desenvolveu sentimentos, e a Diva, que, apesar de parecer mais gentil, era uma IA normal que cantava muito bem.

Posteriormente, ela se despede do Dr. Osamu, é até bem triste, já que ele fala que sua família amava as músicas da Vivy, então ele escolheu ela. Mas enfim, ela, a Beth, o Matsumoto e mais alguns carinhas da Toak vão pra torre que estava sem energia e pouca segurança.

Amizade IA x Humana

Nesta parte maravilhosamente animada, as duas IAs lutam pra caramba, formando uma dupla surreal. É aqui que o Matsumoto percebe que estava carregando e logo volta a energia, logo o prédio começa a fechar as paredes e esmaga os humanos.

Aqui também a Yui fala suas últimas palavras pra Beth, pois a Toak foi invadida; pra mim, uma das partes mais emocionantes, quando a Yui explica que nunca usou prótese nas pernas servia de exemplo que tinha uma IA amiga sempre ao seu lado. A IA mesmo assim, tenta animar sua mestra.

Sacriíficio

Depois disso, os três consguem continuar, Matsumoto se faz de motinha e chegam na parte central. Lá eles se deparam com um Dark Matsumoto e a Elizabeth decide se sacrificar, explodindo o Dark Matsu para que Vivy continue.

Chega na parte que a Vivy ia cantar sua música, maas ela não consegue!!! Maaas, um exército de IAs lá canta e bem neste intervalo, o tempo acaba e os satélites caem. Apenas Vivy e Matsumoto alí ficam vivos e ela o explica a razão, também se despreza por não ter sido capaz de impedir tudo.

De volta para o passado

Então, meus caros, o Matsumoto mostra pra ela fez tudo o que podia e apenas por causa de Vivy, ele conseguiu terminar sua missão; da mesma forma, o Dr. Osamu entra em contato com eles leva a última esperança.

Ele os leva direto pro passado, na hora em que a rebelião das IAs começam e no lugar onde se conhecerão, no entanto, ela não deve salvá-lo dessa vez, mas ir direto para a Toak.

Para concluir, esta dupla de IAs chegam mitando e executam o plano singularidade de novo!!

Preview do Episódio 13

Conclusão Vivy

Nossa, que perfeito, tivemos cenas de luta com trilha sonora belíssima, deixando todos empolgados, além de estar trazendo episódios cheio de ação até o último instante para deixar todos cativado, e funcionou!! Certamente, com este plot twist e volta pro passado não dá pra acreditar que estamos no final!

E todo mundo sabe que pra terminar com chave de ouro, sacrifícios são necessários. Comor resultado, já estou esperando a morte de alguém além do Osamu, quem sabe a própria Vivy após cantar sua última canção?

Vivy – Fluorite Eye’s Song: Pela Humanidade!
Vivy – Fluorite Eye’s Song: Pela Humanidade!

Próximo episódio

Como não estar ansioso para o último episódio de Vivy? Nós te entendemos, então já veja este post com todas as informações sobre o episódio 13 de Vivy!

Eu sei que você está cheio de teorias sobre como tudo se encerrará, portanto, mande nos sua opinião nos comentários ou em nossas redes sociais logo a seguir FacebookInstagram e Twitter. Bai, bai!

Estamos no Google News:

Mostrar mais

Milena

Hei! Sou uma jovem padawan, nerd, otaku e a espera para se tornar protagonista de um anime Isekai!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo