Data e Hora de lançamento

Dr. Stone Stone Wars Episódio 6: Fuga da Prisão – Análise Completa

Confira o Resumo do Episódio e a Análise dos Aspectos Técnicos

Dr. Stone: Stone Wars Episódio 6

9

Cenas de ação com pouca fluidez, porém, bom desenvolvimento geral.

User Rating: Be the first one !

Dr. Stone: Stone Wars continua apresentando os membros do Império Tsukasa e suas táticas, em contraste com os esforços conjuntos do Reino da Ciência. Ao longo do episódio, novas informações são inseridas, e novas brechas para especulações são criadas. Os holofotes são desviados para focarem em Chrome, e seu valor como “cienceiro” é posto à prova. Falta pouco para o início da Guerra, novos aliados estão sendo incorporados, e a Ciência se torna mais forte. Siga com a leitura e descubra mais sobre o Episódio 6 de Dr. Stone: Stone Wars. Caso queira conferir a Data de Lançamento do Episódio 7, clique aqui.

Resumo do Episódio: A Fuga de Chrome

Praticamente o episódio inteiro foi dedicado às tentativas de escape de Chrome. Durante os episódios anteriores, o nosso querido “cienceiro” foi capturado por Ukyo e levado para a prisão do Império Tsukasa. O vilão decide usar Chrome como isca para atrair o Tanque de Senku – o Steam Gorilla – para uma armadilha. Chrome, após ouvir os planos de Tsukasa, e ao ver os preparativos de construção de armadilhas para o veículo de combate, então decide tentar fugir da prisão e avisar Senku. Dr. Stone se aproxima cada vez mais da Stone Wars.

A partir daí, um novo inimigo é apresentado aos espectadores, e seu nome é Yo Uei. Também é apresentado o passado do personagem, no qual era um ex-guarda em treinamento, que foi expulso por matar sem a permissão concedida. Ele é o último membro do Império Tsukasa que aparece na abertura do anime. Yo é o designado para vigiar os prisioneiros e comandar os demais guardas. Chrome se aproveita da ingenuidade de Yo, já que ele apenas subestima Chrome por ser um dos habitantes locais e nunca ter vivido no mundo contemporâneo.

Dr. Stone: A Tática de Chrome

Durante a pausa para usar o “banheiro” – que no caso é apenas a moita mais próxima – Chrome reúne algumas ervas e gravetos, esconde em suas roupas, e ao voltar acompanhado por guardas, ele esconde os itens na cela. Durante à noite, algum dos membros do Império Tsukasa coloca uma célula voltaica (Pilha) na cela de Chrome. Não há nada confirmado, porém, podemos suspeitar de Ukyo, já que ele mentiu em favor de Chrome durante o interrogatório.

Usando a pilha, Chrome consegue realizar uma reação de Oxi-Redução em um recipiente de madeira contendo seu próprio suor. Isso gerou Hipoclorito de Sódio, que foi usado por ele nas barras de bambu que fechavam sua cela. Mais uma vez, Dr. Stone exemplifica um conceito químico com maestria e simplicidade.

Durante a fuga, Chrome confronta Yo diretamente, mas consegue derrotá-lo através de um “golpe baixo“, e por meio das ervas que encontrou, que foram usadas para criar sangue falso. Por isso, Yo imaginou que Chrome estivesse doente, e evitou o contato direto com ele, e nesse momento, Chrome o atingiu em cheio.

Ao final do episódio, Chrome consegue retornar para o Reino da Ciência e trazer as informações para Senku.

Dr. Stone: Aspectos Técnicos do Episódio

Dr. Stone episódio 6
Reprodução/Crunchyroll

A animação continua fluida ao longo do episódio, não há muitas cenas estáticas no decorrer dos diálogos, os personagens tem uma boa sincronia com a animação, e por aí vai. O único problema em Dr. Stone é a fragilidade nas animações das cenas de luta, tanto na temporada anterior, quanto na atual. Porém, como o episódio atual não teve muitas cenas de ação, então a qualidade foi mantida de uma maneira agradável.

Estamos no Google News:

  • Siga a gente no Google News, basta acessar este link e clicar na estrelinha Loucos por Geek no Google News
  • Acesse também o site do nosso parceiro GamePlay2, e fique por dentro de todas as novidades do universo gamer.
Mostrar mais

Nathan

Assisto animes desde a TV Globinho, leio de tudo um pouco e estou sempre rabiscando desenhos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo