AnimeAnimeAnimesOne PieceReviews

Episódio 991 de One Piece: Zoro, O Rei dos Piratas e o Sangue Censurado?!

Episódio 991 de One Piece: análise

Episódio 991 de One Piece: análise

Nota da autora - 8.5

8.5

Nota da autora

Dê sua nota para One Piece!

User Rating: Be the first one !

Domingo é One Piece Day e, como resultado, nós já começamos a semana da melhor forma possível: falando sobre esta obra maravilhosa. Mas que o último ep foi polêmico, todo mundo sabe, então venha aqui conferir o Episódio 991 de One Piece: análise!

Resumo do Episódio 990º de One Piece

Além disso, vamos te ajudar a recordar os útlimo fatos ocorridos em One Piece com esta análise aqui, na mesma linha, a recapitulação rapidinha abaixo:

  • No episódio 990 vemos Kid e Killer enfrentando inúmeros soldados do Kaido. Além disso, vemos rapidamente o Yamato correndo pelos corredores, onde se mostra bastante animado.
  • Enquanto isso, Luffy começa a enfrentar Ulti e Page One, onde eles se transformam em dinossauros históricos para lutar contra nosso protagonista, por reconhecer o poder dele;
  • Logo, Luffy acaba derrubando o Page One, mas é pego pela Ulti.
  • Dessa forma, quando parecia que ele não tinha mais saída, nosso herói acaba sendo salvo pelo filho do Kaido!
  • Com isso, ele se mostra empolgado em ver o Luffy e corre desesperadamente com ele em seus braços, revelando também sua identidade!

Episódio 991 de One Piece: análise

Ao contrário do último, este episódio não teve uma longa recapitulação, no entanto, One Piece continua sofrendo com os flashbacks que são tacados no meio em grande quantidade, de fatos beeem recentes.

Enfim, temos as cenas iniciais com Perospero: o único filho que não caiu com o golpe do Marco, e ele está bem pertinho de Onigashima, com rancor da fênix e do King. Anteriormente, vimos que ele não apoiou a aliança da sua mãe com o Kaido, mas vai deixar pra se vingar com King após se livrar da pior geração e aliados.

Life or Death?

Depois disso, vamos para a continuação da saga Chopper e Ussop vs Big Mon, que estavam em uma zona de guerra mas ela é aprova de balas, então isso faz eles fugirem. Até que a Younkou se mostra cançada de perseguir e usa seu poder muito apelão para pessoas que tenham medo dela.

O “Life or Death?” funcionaria de boas nesta dupla, só faltou uma palavra, mas Prometheus interrompe e fala que achou Zeus e a mulher ladra (como ela ouviu? Não sei, telepatia, talvez?). Como Linlin é uma pessoa do momento, na hora vira e vai em direção ao trio das mulheres.

Sem dúvida, a parte mais engraçada foi essa e do Chopper e Ussop tentando se convencer que o Sanji está com elas, portanto, está tudo bem.

Corta clima

Posteriormente, a execução do Momonosuke é revelada para quebrar com o espírito dos invasores, e que ódio deste Orochimaru! Até Black Maria teve compaixão com a criança machucada, o que pode significar uma vilã não inteiramente má, com sua ternura; mas o Kaido comenta que o Orochi vacilou ao fazer isso durante o banquete.

Então, vai para a parte do Zoro derrotando uns minions, até que o esquadrão do Sasaki, de Gifters, chega no seu caminho e por perceber sua força e coragem (beleza, da mesma forma) convida para o seu lado. Parece até propaganda capitalista, onde você pode ascender sua posição – só que não.

Censura em One Piece

O diálogo mais notável do episódio foi esse, pois eles até tentam prever que o invasor quer ser o grande Kaizoku, mas, eles, na mesma linha, desejavam isto e desistiram até que Kaido esteja vivo. Zoro não quer saber desse papo e manda ataques coreografados de uma forma bem interessante. No entanto, chega o sangue.

Tudo bem, o horário da transmissão no Japão e o público que é direcionado explicam um pouco, e eles tentaram evitar o trabalho de tirar o sangue depois por uma possível censura. Mas já temos mais de 20 anos de anime e agora eles colocam isto; certamente, deixar sem nada era melhor.

Vacuo

Passamos para Pay-tan e Ulti, em necessidade de médicos, com vemos pelo sangue bem disfarçado por baixo da máscara rosa da Ulti. Mas a garota é resistênte e taca uma cabeçada no coitado do médico e o ignora, além disso, vemos que eles estão por toda parte, já que chegaram rapidamente.

No final, temos Luffy vs Yamato, e é muito bom ver a maturidade de Luffy e o seu foco em destruir logo o Kaido. No entanto, é revelado que Yamato, que quer conversar em particular com o Chapéu de Palha, conhece o Ace!

Tivemos um flashback, este realmente bom, da luta de Yamato e Ace, já que o irmão de Luffy também já quis a cabeça de Kaido; enquanto isso, o maravilhoso Red Hawk aparece em um jogo de enquadramento diferente.

Conclusão

Em suma, este episódio foi consideravelmente fraco, com problemas no seu ritmo; tivemos uma sakuga, cena de alta qualidade com uma expressividade, fluidez e cores mais drásticas, das últimas cenas da luta. Mas um trauma, chamado “season 3 de Nanatsu”, nos deixou um tópico imperdoável: sangue branco.

Certamente, esta primeira vez nos deixou receados que se prossiga, mas torçamos que não, pois, quem chegou até aqui em One Piece, sem dúvida, já viu muito sangue. Deve ter sido problemas de censura e não escolha.

Apesar disto, a direção de Yusuke Suzuki trouxe uma cinematografia parecendo câmera, com zoom, desfoque e diferentes ângulos que enriqueceram a animação, somada a trilha sonora harmonioza.

A polidez em geral foi satisfeita, apenas temos um ritmo bem lerdo, mas algo que encomodou desde o último episódio é a movimentação bizarra dos ataques de Luffy.

Em suma, gostariamos de saber o que você está achando do último episódio de OP, sobre essas mudanças repentinas, o novo personagem, o ritmo da obra, tudo! Nos deixe sua opinião nos comentários ou em nossas redes sociais logo a seguir. FacebookInstagram e Twitter.

Bai, bai!

Estamos no Google News:
Mostrar mais

Milena

Hei! Sou uma jovem padawan, nerd, otaku e a espera para se tornar protagonista de um anime Isekai!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo