Loucos por Geek
Mangá Notícias Solo Leveling

Análise do Capitúlo 127 de Solo Leveling: A batalha contra o arquiteto.

Análise do capítulo 127 de Solo Leveling

Nossa nota do capítulo 127 - 9.8

9.8

Nota

O mangá de Solo Leveling vem se destacando de uma forma absurda e o capítulo 127 veio recheado de informações incríveis, Deixe sua nota desse capítulo

Ver o Mangá
Avaliação dos participantes:: 4.5 ( 4 Votos)

No último capítulo tivemos grandes acontecimentos. O aventureiro Orlov colocou uma barreira no portal rank S que se abriu na cidade de Tokyo no Japão, que provavelmente não irá aguentar o que vem pela frente e percebendo isso, a guilda vai atrás do caçador Sung que está atualmente no covil duplo enfrentando o exercito de gigantes estátuas. A batalha foi bem unidirecional e mesmo sem suas sombras o menino Sung conseguiu facilmente abater os soldados e a famosa estátua sorridente. O capitulo se encerrou com o menino Sung passando do aquecimento e partindo para o teste principal onde ele conhece o chefe final da dungeon, O Arquiteto, e tem que derrotá-lo em 10 minutos ou irá morrer. Agora deixando de enrolação vamos ver o que aconteceu no capítulo dessa semana.

A chegada da associação

O capítulo se inicia com um grupo de aventureiros de elite da associação chegando junto ao chefe de departamento Woo Jin-Chul, o rapaz que checou o nível de Sung depois do covil duplo. A associação pretende entrar com seus melhores aventureiros na premissa de ajudar e trazer Sung para fora para que ele possa ajudar na raid para o novo portal rank S. Porém, ao se aproximar do portal, Jin-Chul sente uma imensa quantidade de poder mágico, e sente também um arrepio na espinha e o sopro da morte de rodeia aqueles tentarem sequer se aproximar. Ao ver o perigo que aquela dungeon representa o chefe decide convocar uma das grandes guildas da Coreia do Sul que por acaso a guilda Hunters é a única preparada naquele momento. Então um pedido de emergência para cooperação da guilda será emitido, sendo que a expedição que leles estavam se preparando contem 2 caçadores rank S, Choi Jong-In e Cha Hae-In.

Inicio da batalha

De volta para a masmorra, Sung confronta o Arquiteto. O Arquiteto começa a criar alguns braços extras para enfrentar o menino Sung, afinal quem não teria medo do Sung a essa altura do campeonato rsrs. O Arquiteto mostra possuir uma força e velocidade que Sung não via a algum tempo. Sung consegue se proteger com os braços, mas o golpe de 3 braços do Arquiteto é muito potente e arremessa Sung direto a uma parede. O impacto contra a parede trouxe uma cena que já não víamos há dezenas de capítulos, o menino Sung sangrando. O Arquiteto não dá brecha, e com razão, e já engata uma série de golpes  contra Sung, contudo Sung parece estar começando a ajustar seu corpo ao conseguir segurar alguns golpes. Então vemos que Sung junta forças e consegue dar um soco poderoso na cara do Arquiteto. O Arquiteto se mostra surpreso que um humano tenha conseguido ficar tão forte a ponto de brigar de igual com ele.

Climax e Conclusão do combate

Sung aproveita a breve pausa para lançar algumas perguntas de interesse tanto dele quanto do leitor, afinal se ele matar a estátua talvez não consiga as respostas, mortos não falam. Então a batalha recomeça e o Arquiteto aparenta ter as mesmas habilidades que Sung, o que faz sentido já que foi o próprio que provavelmente deu as habilidades a Sung ou as ganhou de quem deu-as a Jin-Woo. Os dois tentam usar a Autoridade do Monarca, e o resultado é bem parecido com o choque de Hakis mostrado em One Piece. A Estátua então pega algumas das armas dos soldados que Jin-Woo derrotou no primeiro teste e revela que tudo que está acontecendo com Sung foi planeja desde o início por ele e que não foi ele que o escolheu ele apenas planejou tudo e que quem realmente o escolheu foi o Sistema.

A batalha então continua e temos então uma sequência de imagens de tirar o folego. No meio da onda de cortes Jin-Woo de repente começa a conseguir prever os movimentos do arquiteto, o que lembra até uma famosa frase dita por Rayleigh em One Piece de que algumas habilidades só acordam no calor da batalha. Sung pode estra descobrindo novos poderes por estar em uma situação que nunca esteve antes e agora aparenta estar mais forte do que quando entrou. Jin-Woo evoluiu a ponto de conseguir decepar um dos braços do Arquiteto que percebe o porquê do sistema ter escolhido ele. A Estátua fica irada e decide convocar os soldados da primeira parte do desafio para ajudá-lo. incluindo a estátua sorridente. Sung consegue lidar facilmente com todos os oponentes e temos mais uma sequencia de imagens sensacionais. Depois de derrotar todos e partir todos os braços do Arquiteto Sung finalmente vence após o arquiteto reconhecer sua derrota. O teste encerra-se com 2:11 minutos de sobra.

O capítulo dessa semana foi espetacular, conseguimos finalmente ver do que Sung Jin-Woo era capaz de fazer sem suas sombras, e sem dúvidas ele é uma máquina de combate. O Arquiteto por sua vez parece ser uma espécie de entidade ou programa do sistema já que ele diz em determinada parte que aquele não era seu corpo. Por fim parece que teremos algumas respostas no próximo capítulo e possivelmente descobriremos mais acerca do Sistema. E você o que achou do capítulo? Comente.

Compartilhe sua opinião conosco na seção de comentários ou em nossas redes sociais logo a seguir  😎 😎 😎 FacebookInstagram e Twitter.

Estamos no Google News:

Classificados BR

Artigos Relacionados

O novo serviço de jogos em nuvem da Amazon, Luna está chegando

Elievelton

foto incrível dos Alpes do Japão para deixar seu dia mais agradável

Elievelton

Estrangeiros no Japão falam sobre as quatro principais peculiaridades do sistema japonês de busca de empregos

Elievelton

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saber mais