AnimeAnimeAnimesData e Hora de lançamentoJujutsu KaisenJujutsu Kaisen

Jujutsu Kaisen: Gojo fora da brincadeira e o garoto salmão

Episódio 17 de Jujutsu Kaisen: análise

Nota da autora - 10

10

Nota da autora

Para assistir Jujutsu Kaisen, clique aqui

Ver episódio
User Rating: Be the first one !

O episódio 18 de Jujutsu Kaisen marcou o fim da “tranquilidade” no evento de intercambio, trazendo novos personagens, uma visita inesperada e revelando lados desconhecidos! Como resultado, confira Episódio 18 de Jujutsu Kaisen: análise!

Jujutsu Kaisen: Gojo fora da brincadeira e o garoto salmão
Imagem do Portal Jujutsu Kaisen Brasil

Recapitulando Jujutsu Kaisen Episódio 17

No entanto, para começar a análise corretamente, vamos dar uma olhada no episódio anterior, consequentemente, acesse este post; da mesma forma, abaixo segue uma lista resumida do NTERCÂMBIO COM A ESCOLA IRMÃ DE KYOTO – BATALHA DE GRUPOS 3:

  • Começa com uma cena cômica, pois Miwa esperava ter uma luta tranquila com Maki Zenin após a irmã mais nova dela ter falado que ela era fraca, nível 4 forever.
  • Miwa é uma personagem muito cativante e forte, no entanto, não o suficiente para derrotar a durona Maki; elas lutam intensamente, mas  as superiores habilidades da feiticeira de Tóquio são bem visíveis e Miwa é derrotada.
  • Vemos um pequeno diálogo da plateia: Gojo e companhia. Nesta cena e ao desenrolar do episódio descobrimos a história do clã Zenin e Maki.
  • Enquanto isso, na luta entre Nobara e Nishimiya, a da vassoura revela que ser uma feiticeira mulher exige mais que força, requer perfeição; porém, Nobara não liga pra isso e diz que o que importa é estar feliz consigo própria não as obrigações impostas pelos outros.
  •  A caloura iria vencer quando Mai tira ela da batalha com um tiro de bala.
  • As irmãs confrontam enquanto o background delas é descoberto: a Maki se emancipou da família por não ter energia amaldiçoada e dessa forma, ser tratada como inferior. Além disso, ela pretende ser a chefe do clã, e para isso, mostrará sua força.
  • A Mai, por outro lado, nunca quis ser uma feiticeira e foi obrigada a isso; ela só queria que sua irmã desistisse e vivessem uma vida normal.
  • No final, Maki Zenin supera a técnica de Mai Zenin com seu talento e dedicação; destacando que as duas tinham uma relação emocionante e esperamos que elas se entendam novamente.

Episódio 18 de Jujutsu Kaisen: análise

O episódio inicia-se com a batalha entre Noritoshi Kamo, que possui a habilidade de controlar o sangue e, portanto, utiliza isso para criar flechas teleguiadas e Megumi Fushiguro, que você pode ver todas os poderes aqui neste post.

Sinceramente, vemos esta parte assombrosamente linda, com o ângulo e a arte da energia perfeita. Além disso, a história apresenta uma fato e revela ele certinho mais tarde, quando o Megumi deveria estar utilizando seus cachorrinhos mas eles estavam em uma missão. O diálogo entre eles se desenrola e vemos mais sobre dois dos principais clãs: Kamo e Zenin, certamente, trazendo mais flashbacks sensacionais que enchem a gente de ranço por essas famílias opressoras.

Megumi, que possui tanto habilidades físicas quanto de feiticeiro bem apuradas, começa a sentir que o Noritoshi tá muito mais forte, e ele se toca: você ta usando dopping? E era sim, através da manipulação da temperatura, pressão para aprimorar mais seu corpo.

Miwa inútil falando

O episódio até aqui foi bem tenso e cheio de porrada, mas, Jujutsu Kaisen sabe exatamente quando aplicar aquela dose de humor hilário. E nós finalmente sabemos o que a querida Miwa fará após ter perdido a espada para Mai: ela dormirá. Zoas. Ela tava perdidassa e atende a ligação que acredita ser do Mechamaru, porém, quem fala é o cara do salmão e logo faz ela cair em uma soneca; todo mundo sabe: poder apelão, e todo mundo gosta disso. E nessa cena, descobrimos onde que os doguinho do Megumi estavam, ou seja, ajudando o Inumaki.

 

Salmão, caviar, ovas

Enquanto isso, surge um energia amaldiçoada muito forte, e o Inumaki, que já é muito forte, fica muito desconfiado.

Mas, posteriormente, a cena é do velho dos piercings, onde nós ficamos sabendo do seu plano de soltar uma maldição semi-primeiro nível para matar o Itadori, consequentemente, nós ficamos muito haipados para ver essa tal maldição.

No entanto, Jujutsu tá aí pra nos surpreender mesmo, porque essa maldição tem sua cabeça cortada em um segundo. Exatamente. A energia que o garoto salmão sentia era do zé das plantas: Hanami, que nós já vimos em algumas cenas do arco anterior. E na mesma linha, temos o Mahito na área com uma feiticeiro jujutsu inédito que está do lado das maldições: Juzo Kumiya, que que quer fazer Yuuji de cabide.

 

Nós vemos mais um pouquinho da luta entre Megumi e Noritoshi, que continua mostrando o background do cara dos olhos fechados. Aparentemente, sua mãe era muito julgada e, por isso, ele quer se tornar o chefe do clã dos arrombados pra terminar toda essa confusão.

E enquanto isso, o Megumi revela seu mais novo shikigami, o “Elefante Abundante”  que joga água pra caramba, surpreendendo o oponente; mas não é qualquer água não, pois lembra a arte maravilhosa de Kimetsu no Yaiba. E quando você acha que não pode ficar melhor, o pássaro dos raios, Nue, manda uma braba pra ele que, por estar todo molhado, complica ainda mais.

Grupo de risco

Chegando na reta final, no meio dessa luta surge um ataque colossal do Hanami e o Toge consegue livrá-los da pior.

É claro que com tudo isso acontecendo, o Gojo e a turminha iriam notar algo de errado e vão conferir. Por outro lado, Juzo cria um domínio que impede Gojo de entrar, portanto, só o veinho maldito e a Utahime entram lá onde dão de cara com o cara dos cabides. E daí o feiticeiro traidor reclama que não quer bater em idoso, mas Gakuganji fala pra ela seguir em frente, porque ele é O VELHINHO! Com uma Flying V e camiseta de rock nós finalmente entendemos aquela guitarra da abertura. Só eu que adorei?

Calma que ainda não é o final. Temos que destacar Hanami que articula a própria língua, de modo que nós entendemos mas não entendemos; e também por todo a lição de salvar o planeta que deixo todos culpados por não ter jogado aquele papel de bala fora.

Prévia do Episódio 19 de Jujutsu Kaisen

Conclusão Episódio 18 de Jujutsu Kaisen

Agora nós só agradecemos por esse episódio de arte, trilhas sonora e enredo incrível que recebemos. Mas o que realmente fez a diferença foi que eles souberam o momento exato de interromper o torneio, trazendo novos confrontos super aguardados como aquele da opening, Itadori vs Hanami.

Compartilhe sua opinião conosco na seção de comentários ou em nossas redes sociais logo a seguir FacebookInstagram e Twitter.  Nós vamos ficar muuuito felizes de saber tudo o que você achou do Episódio 18 de Jujutsu Kaisen, principalmente esse Juju Sampo bizarro kkkkk, e também as expectativas para o episódio 19.

Estamos no Google News:

Relacionados:

Mostrar mais

Milena

Hei! Sou uma jovem padawan, nerd, otaku e a espera para se tornar protagonista de um anime Isekai!

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. suas analises são perfeitas, a cada ep que se encerra eu fico aguardando ansiosamente por elas, e ainda volto na quinta pra relembrar o que aconteceu pois, nao tenho tempo para assistir novamente. Por favor, não pare com as análises. <3

    1. Ahh! Muuuuuuito obrigada pelo seu comentário! Nós ficamos realmente felizes pra caramba em saber que vocês estão gostando e que as análises estão ajudando na vida de mais fãs! E pode esperar que amanhã sai a review do próximo episódio de Jujutsu Kaisen! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo