Loucos por Geek
Notícias

Sony a 1 passo de comprar a Crunchyrool por mais de 5 bilhões de reais

Gigante do entretenimento pode pagar mais de US$ 950 milhões à medida que as conversas terminam com a controladora AT&T

TÓQUIO – A Sony entrou em negociações finais para adquirir o serviço de streaming de animes dos EUA Crunchyroll, a Nikkei aprendeu na sexta-feira, um acordo que poderia catapultar o ícone japonês para uma batalha global com pessoas como a Netflix.

A Sony pode acabar gastando mais de 100 bilhões de ienes (US$ 957 milhões) no streamer dos EUA, ganhando seus 70 milhões de membros em todo o mundo.

A Sony tem seu próprio anime popular como “Kimetsu no Yaiba” (“Demon Slayer”), mas vem licenciando-o para serviços de streaming. O Aniplex da Sony, o estúdio por trás de “Kimetsu no Yaiba”, tem uma variedade de conteúdo, incluindo filmes e música, que é distribuído principalmente por empresas estrangeiras.

Se a aquisição for realizada, a concorrência global por conteúdo entre empresas como Netflix e Hulu se intensificará.

A Crunchyroll foi fundada em 2006 e tem sua sede em São Francisco. Em 2018, a AT&T, gigante americana de telecomunicações, tornou-se sua controladora.

A Sony obteve recentemente o direito exclusivo de negociar com o Crunchyroll.

Depois de adquirir a Funimation, distribuidora de animes, em 2017, a Sony ganhou 1 milhão de assinantes pagantes, principalmente nos EUA, mas esbarrou em obstáculos para expandir essa base de clientes.

O Crunchyroll tem 70 milhões de membros gratuitos e 3 milhões de assinantes pagantes em mais de 200 países e regiões, incluindo os EUA e a Europa.

Crunchyroll também daria à Sony mais de 1.000 títulos que ela pode usar para variar suas ofertas.

A receita operacional total da Sony em jogos, música e filmes deve chegar a US$ 4,79 bilhões para o ano fiscal que termina em março, representando 60% do total do grupo.

A empresa conhecida por TVs Trinitron e aparelhos de som pessoal Walkman tornou-se um colosso de entretenimento que planeja fortalecer esse lado de seus negócios, baseando-se na base de membros da Crunchyroll.

Com o coronavírus convencendo as pessoas ao redor do mundo a se divertirem em casa, a demanda por serviços de distribuição de vídeo está aumentando e a concorrência por conteúdo popular está se intensificando. A Netflix, a maior streamer, está formando alianças com estúdios de animação, enquanto a Disney no ano passado tomou sua biblioteca popular e começou seu próprio serviço de streaming.

De acordo com a The Association of Japanese Animations, o mercado global de animes em 2018 valia cerca de US$ 21 bilhões, 1,5 vezes o que cinco anos antes. O mercado externo é responsável por quase metade da demanda total.

O que você acha dessa aquisição que está para acontecer? Compartilhe sua opinião conosco na seção de comentários ou em nossas redes sociais logo a seguir  😎 😎 😎 FacebookInstagram e Twitter.

Estamos no Google News:

Relacionados:

Artigos Relacionados

Quando Será Lançada a 4ª Temporada de DanMachi?

Gabriel

Jujutsu Kaisen: Sucesso do Anime aumenta 10x as vendas do Manga!

Charlles Ono

Code Geass – Novo Anime e Jogo Anuciados Confira!

Gabriel

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saber mais